sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

*Não quero imaginar...*

Não tenho palavras para descrever aquilo que se passou na Rússia...não quero imaginar o que sentiu aquela criança...não quero imaginar o que teria acontecido se o condutor do camião não se tivesse desviado...não quero imaginar o que sentiu aquele pai ao ir buscar a sua filha de um ano caída na estrada...não quero imaginar o porquê daqueles pais não terem apertado a criança, fosse no ovo, fosse na cadeirinha...
Não, não quero imaginar...porque só de ver, apetece-me chorar...

Sem comentários: